Dívida de falecido. Como resolver? Saiba mais – Sobre Varejo

Hoje o papo é bem sério, essa dúvida frequentemente chega para a gente através das mensagens. Afinal, dívida de falecido, como resolver?

Quem paga as dívidas de quem já morreu? O que acontece com as dívidas de quem já foi dessa para uma melhor?


dívida de falecido como resolver

Quem paga a dívida do falecido?

A dúvida sempre surge mas a resposta é simples.

Quando uma pessoa morre, todo o conjunto de bens, direitos e deveres é deixado para os herdeiros. Isso inclui:

  • Casa
  • Carro
  • Jóias
  • Bens de valor
  • Valores à receber
  • e também as dívidas.

E é isso mesmo, tanto a parte boa quanto a parte ruim são deixados pelos herdeiros da pessoa falecida.

Mas calma, isso não significa que você pode herdar uma dívida que não é sua, tá bom. Fica tranquilo.

Vamos explicar direitinho:

Na realidade, quem paga a dívida é o próprio patrimônio líquido da pessoa que morreu.

Primeiro é feito um inventário com todos os bens deixados pela pessoa.

Assim como das dívidas, os valores à receber e pendências. A partir daí, são feitas subtrações simples.

Caso a pessoa que morreu tenha deixado uma casa de por exemplo: 100 mil reais e uma dívida de 40 mil reais, ainda sobra 60 mil reais de herança para ser dividido entre os herdeiros.

No caso das dívidas serem equivalente aos valores dos bens, aí infelizmente não sobra nada para os herdeiros.

Importante: Dívida de falecido. Como resolver?

Caso o valor das dívidas ultrapasse o valor dos bens, fica tudo no zero a zero.


Ou seja, não existe cobrança para os herdeiros.

Em hipótese alguma você vai herdar dívidas, o dinheiro dos bens vai ser utilizado para quitar o máximo do valor da dívida e fim de papo.

Neste caso, quem assume o prejuízo é o credor.

O que acontece com benefícios, empréstimos e financiamentos do falecido?

Atenção hein… Os herdeiros tem direito de receber benefícios como:

  • décimo terceiro salário
  • férias
  • saldo
  • salário
  • valores retidos do FGTS

Neste caso é preciso fazer a abertura do processo de alvará judicial.

Parece complicado, entretanto isso nada mais é do que comunicar o falecimento do seu parente para o juiz.

Ah, e isso precisa ser feito pelo conjunto de herdeiros, tá?

Outro ponto importante: Dívida de falecido. Como resolver?

Em alguns casos, as dívidas de quem faleceu deixam de existir, sabia?

É que algumas dívidas têm regras especiais em caso de morte, e são cobertas com seguros. É o que acontece com empréstimos consignados, e financiamentos imobiliários, por exemplo.

Do mesmo modo, existem cláusulas especiais que dão segurança para credores nessas situações:

Essas dívidas são canceladas depois que a pessoa morre, e não interferem naquela conta que falamos acima.

Por fim, o assunto de hoje foi ligeiro, e esperamos que tenha sido esclarecedor também.

Esperamos que tenham gostado: Comentem, compartilhe e envie mais dúvidas para a gente também!

Um abraço de toda a equipe.

Imagem: @shisuka

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *