Os cuidados da peixaria: Do pescado ao peixeiro. (Parte 6)

Curso de Peixaria. Parte 6 – Final.

Já conferiu os outros artigos?


Hoje em dia as margens de lucro são pequenas por diversos fatores, dessa forma donos do negócio precisam ficar atentos a tudo para garantir a sua sobrevivência, seja uma pequena peixaria ou um supermercado.

A forma como funciona uma peixaria, seus processos, procedimentos, profissionais não comprometidos e uma gestão ruim sem respeito aos padrões estabelecidos geram muito desperdício e distorções as chamadas perdas influenciam diretamente nos resultados.

Curso de Peixaria para Supermercados

Prevenir é melhor do que remediar!

Primeiramente, destacamos a prevenção de perdas na peixaria, essa que pode ser feita por meio do:

  • Cumprimento dos procedimentos.
  • Comprometimento com a empresa.
  • Manutenção da qualidade dos produtos e serviços.
  • Comportamento profissional adequado.
  • Atitudes respeitosas com os clientes internos e externos, o que auxilia na geração da satisfação e da fidelização. Proporcionando ganhos de imagens e credibilidade.

Chave do Sucesso: A prevenção pode prevenir perdas e fazer a diferença entre o fracasso ou sucesso do seu negócio. Dentro da peixaria, a partir da compra passando pelo transporte, recebimento e conferência, armazenagem e preparação, exposição e reposição. Tudo requer prevenção para redução!

Qualificação Profissional

Antes de mais nada, devemos considerar que o cliente sustenta a peixaria, é ele quem garante o pagamento das contas dos funcionários. Todos os detalhes contam:

Clientes que prezam pela qualidade, desejam comprar num estabelecimento limpo higienizado e contudo, vão observar todos os cantos.

Na fachada e no estacionamento, observam onde e como estão os latões de lixo, assim como caçambas utilizadas pela sua loja.

Dentro, observam as condições gerais de limpeza, por exemplo: o piso, o estado dos equipamentos e não deixa passar se ruídos e sons são desagradáveis ou incômodos.

Ficam atentos as condições de apresentação pessoal dos atendentes e principalmente, em como foram atendidos por eles.

Atendimento completo na Peixaria:

Posteriormente, o cliente espera que a exposição das mercadorias esteja organizada e os produtos sejam de qualidade. Essa é a sua necessidade de compra, mas ele também espera receber um tratamento educado, gentil, simpático, ágil e personalizado.

Essa é a sua necessidade de tratamento. Entretanto, as duas precisam ser satisfeitas.

Comunicação: Somos prestadores de serviços e do que vendemos, principalmente a nossa imagem. Na comunicação com o cliente, ele sempre espera e deseja:

Ser:

  • Ajudado/Auxiliado
  • Informado
  • Acreditado.
  • Querido/Bem-vindo.
  • Respeitado.
  • Reconhecido.
  • Desejado como cliente.
  • Satisfeito.

Ter:

  • Respostas corretas e com segurança.
  • Seu problema solucionado ou sua dúvida sanada.
  • Prazer em fazer suas compras.
  • Gente feliz e bem-humorada para atendê-lo.
  • Gente que saiba o que faz.
  • Facilidade de comprar.
  • As melhores condições de higiene e limpeza.
  • Agilidade profissional.
  • Eficiência e eficácia ao ser atendido.

Os Quatro Saberes da Peixaria:

Existem algumas técnicas desenvolvidas após estudos, observações e experiências sobre o padrão de comportamento dos consumidores. Com isso, elas podem nos ajudar a obter o respeito e admiração dos clientes, são chamadas de Quatro Saberes.


Primeiro Saber: Saber ouvir o cliente.

Ouvir o cliente significa ter atenção e interesse por ele em qualquer situação. No atendimento do dia-a-dia, nas situações de pesquisa e nas reclamações.

Segundo Saber: Saber falar.

Falamos com o cliente através da comunicação verbal e da comunicação não verbal, por meio de gestos, movimentos, expressões e postura.

Olhe nos olhos dele: O contato visual é muito importante nas relações humanas dessa forma mostra que você está interessado no que a pessoa está dizendo.

Mantenha distância física: Nem muito perto, nem muito longe, para que o cliente não se sinta invadido.

Evite colocar as mãos na cintura e/ou ter o corpo enrijecido, pois denotam insatisfação. Por exemplo: Rosto carrancudo e os olhos medindo o cliente de cima à baixo também geram impressão negativa.

Braços cruzados, roer unhas, ou conversar assuntos não condizentes com a tarefa do atendimento com outro colega enquanto atende, também geram impressão negativa.

Vendendo Saúde: A aparência pessoal é muito importante em qualquer área da nossa vida, porque o cliente observa todos os detalhes e já sabemos como a higiene pessoal é importante para pessoas que trabalham com alimentos. Estamos lidando com a saúde das pessoas.

Terceiro Saber: Saber sentir: 

Primeiramente: cada indivíduo é diferente do outro, tem cultura diferente, necessidades de expectativas variadas. Dessa forma, o tratamento dado a cada cliente não pode ser o mesmo para todos.

Cada pessoa precisa de um tratamento de acordo com a sua individualidade, e isso exige que o atendente tenha sensibilidade para perceber a melhor maneira.

Quarto Saber: Saber fazer:

Peixaria com bons produtos, apresentação pessoal do atendente impecável, maneira educada do atendimento, tudo isso é ótimo, mas se o colaborador não souber fazer o seu trabalho a peixaria ideal nunca existirá.

Bônus:

Na peixaria, as pessoas tem dúvidas, fazem perguntas, mas nem sempre sabem direito o que ou como perguntar, e aí, elas repetem a mesma pergunta para ouvir novamente a mesma resposta e se sentir seguras para comprar. Fique preparado para repetir, olhar nos olhos, responder e recomeçar, é isso que vai fazer o seu cliente confiar em você e voltar sempre.

Somar bom humor e paciência para atender bem o cliente é uma arte que você precisa dominar.

 

Considerações Finais: Peixaria

A princípio: Venda o seu peixe, faça a lição de casa:

  • Busque cada vez mais informações de preparo e receitas contendo pescado.
  • Pergunte ao cliente como ele presente preparar o peixe, assim poderá recomendar espécies de pescado mais apropriadas.
  • Esteja atento à possibilidade de beneficiar o pescado de acordo com as necessidades do cliente, uma vez que muitos clientes não possuem o conhecimento técnico ou a estrutura adequada para o beneficiamento/manipulação em casa.
  • Investigue se o cliente vai rapidamente resfriar o pescado. Assim, poderá falar-lhe da importância do uso frio e caso seja necessário acomodar o pescado em um saco e envolver este em outro saco com gelo para manutenção da qualidade.

Sugestões de Preparo: Existem diversas maneiras de preparar um bom prato com pescado. Mas cada tipo de pescado fica melhor se preparado de uma maneira. Podemos fazer peixes ao forno, na panela e na brasa, peixe gordo fica uma delícia assado, se for salgado, não ferva.

Ostras, mexilhões e mariscos, cozinhe! Camarões e lagostas, escolha a sua maneira.

Parabéns Peixeiro!

Enfim, depois de nossos seis módulos você já conhece mais sobre o pescado, a profissão, e o quanto o estudo é importante para um ótimo serviço à sociedade. Lembre-se de que ser um bom profissional exige um constante aprender, Bom trabalho!

 

Fonte: Nutrimarpescados

Imagem: @bearfotos


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *