Dia dos Namorados – Layout Free

Diferente dos outros países onde a data comemorativa para o dia dos namorados (Valentine’s Day ou Dia de São Valentim) é no dia 14 de Fevereiro, aqui no Brasil comemoramos desde o ano 1948, no dia 12 de Junho.

Qual o motivo?

O motivo por trás disso tudo é mais curioso do que se parece. Trata-se apenas de uma case publicitário, uma ação comercial que deu certo e ganhou a proporção nacional.


Considerado Junho, um mês de desaquecimento comercial com vendas muito fracas, a ideia partida do publicitário João Doria, pai do atual governador de São Paulo João Doria Jr, tinha o objetivo de estabelecer uma necessidade de consumo para aquele mês, dessa forma pretendia aquecer as vendas daquele período.

Também foi proposital a escolha da data (12), ela antecede a celebração de Santo Antônio, conhecido nacionalmente por ser o santo casamenteiro, dessa forma seria fixada uma singela união entre as duas representativas datas.

Material Gratuito Dia dos Namorados
Layout Dia dos Namorados

Como foi a primeira campanha do Dia dos Namorados no dia 12 de Abril?

Com o slogan “Não é só com beijos que se prova o amor!” ou “Não se esqueçam: amor com amor se paga”, Doria criou a primeira propaganda para a data específica que instituiria a data comemorativa no país. Dessa forma, a campanha foi premiada como a “Melhor do Ano” pela Associação Paulista de Propaganda, naquela época.

Nos anos seguintes, sabendo do sucesso comercial alcançado, outros estados passaram a aderir a comemoração, até que posteriormente se tornou nacional.

Atrás do Natal e dos Dia das Mães, o Dia dos Namorados é a terceira maior data comercial para o país, com médias de faturamento bilionárias, por isso a importância das campanhas e publicidade em volta dela.

Como está o dia dos namorados no Brasil em 2020?

Sabemos que atualmente a situação mundial com o novo Covid-19 o Coronavírus vêm prejudicando o varejo e o comércio, e apesar de certo, ainda é cedo para entendermos os prejuízos causados na economia Brasileira.

Seja pelo isolamento social e quarentena, seja pelos comerciantes que ainda não tiveram a possibilidade de reabrirem as suas lojas (por não se enquadrarem nos comércios essenciais ou por problemas locais de saúde pública), o consumidor Brasileiro possivelmente vai adotar por exemplo, o “Dia dos Namorados da Lembrancinha” que não é menos importante. Vivemos um tempo em que o cuidado a nós e ao próximo é o maior exemplo de amor, não é?

Design Free

Pensando nisso, e na possibilidade de contribuir de alguma forma com vocês: pequenos lojistas, mini-mercados, microempreendedores… Nossa equipe de design preparou uma arte (campanha) que pode ajudar a alavancar as vendas da sua loja. Dia dos Namorados. As melhores ofertas para você e o seu amor.


Mesmo com a crise instaurada é necessário que haja resiliência, dessa forma, aproveite todas as oportunidades comerciais do ano para atrair os seus clientes e diminuir os possíveis prejuízos.

Desejamos um bom uso para você, faça: tabloide de ofertas, carrossel de produtos, sorteios, comunicados, o uso é livre.

E não se esqueça, divulgue para o maior número de pessoas, principalmente em sua região.

*Como o foco do nosso conteúdo é o varejo supermercadista, os materiais têm um apelo mais focado nessa essência.

      

 

Para receber os arquivos em alta resolução, deixe nos comentários o seu e-mail, assim enviaremos um link com os arquivos para você baixar.

 

Agora que tal entendermos, a outra data? O dia de São Valentim.

Quem foi São Valentim?

Celebrada na Europa e nos Estados Unidos no dia 14 de Fevereiro , essa data começou a ser celebrada ainda no século V.

Apesar de diversas razões e explicações por trás dessa história, a mais defendida é que São Valentim foi um padre que viveu em Roma e foi condenado à morte no século III.

Motivo? Enquanto naquela época o imperador bania os casamentos sob o pretexto de que os homens deveriam estar livres para as guerras (a ideia era de que os soldados não tivessem nenhuma responsabilidade com família, e se dedicar apenas ao exército), dessa forma, o padre Valentim defendia a igreja e seus princípios do amor e dos planos de Deus.

Assim, ele ligeiramente organizava cerimônias de casamento escondido, mesmo contra a lei.

Espertinho ele, não?

 

Gostaram do artigo? das artes?

Deixe o seu comentário, compartilhe. Isso é muito importante para nós. 🙂

 

 

 

 

 

 

 


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *