Visual Law no Varejo. Você conhece? Aprenda agora – Sobre Varejo

Que tal uma maneira mais simples de entender temos jurídicos e geralmente tão complicado para leigos? Conheça agora o Visual Law no varejo.

Visual Law no Varejo


Visual Law no Varejo

Muitas áreas de atuação estão passando por uma alta transformação digital. No Direito, por exemplo, essa mudança vem facilitando a compreensão da informação tanto para leigos quanto aos profissionais da área.

Neste sentido, o Legal Design e o Visual Law surgiram para beneficiar o usuário, tornando as informações mais acessíveis, claras e objetivas. Sua aplicação nos documentos jurídicos tornam os conceitos mais simples, com maior usabilidade e democratização.

Escritórios como o MLA – Miranda Lima Advogados, utilizam a ferramenta na prestação de serviços aos seus clientes, em diferentes setores da economia.

 

O varejo

Na área do varejo, por exemplo, esta nova forma de comunicar informações jurídicas pode trazer inúmeros benefícios.


Dentre estes, podemos citar, mais clareza na delimitação das responsabilidades e obrigações nos contratos (voltados tanto ao público consumidor quanto aos lojistas); e maior compreensão dos termos jurídicos, auxiliando na prevenção da judicialização das questões entre os envolvidos nas relações com os shoppings, por exemplo.

E quando é impossível evitar a judicialização, algumas ações judiciais versam sobre assuntos bastante sensíveis e complicados, como ações de prestação de contas e envolvendo acidentes. Esses temas certamente se beneficiam de uma abordagem mais visual e intuitiva, facilitando seu entendimento.

A Sócia e head de Inovação e Tecnologia do MLA, Sabrina Creder, destaca que, quando se trata de comunicar informações legais, o Visual Law vem para facilitar a compreensão de documentos jurídicos.

“O Legal Design e o Visual Law, chegaram para democratizar o Direito. Eles podem ser utilizados em instrumentos contratuais em geral, peças processuais ou até mesmo, em contratos de locações entre as administradoras de shopping centers e lojistas”, destaca.

 

Esperamos que tenha gostado do conteúdo. Comente e compartilhe.

Deixe as dúvidas ou sugestões para os próximos artigos.

 

Um abraço de toda a equipe!

 

Por: Carolina Motta.

Imagem: @ali_production

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *