Tecnologias para o Coronavírus, o que parecia futuro, chegou!

De um aplicativo de assistência médica 24 horas por dia, 7 dias por semana, a um analisador de saneamento de mãos, essas são suas melhores linhas de defesa tecnológica. Linhas de tecnologias contra a disseminação do COVID-19.

À medida que a indústria de serviços alimentícios começa a sentir os efeitos totais ainda desconhecidos do surto de COVID-19 nos negócios, as empresas estão se preparando para proteger seus funcionários e clientes contra infecções. Embora a linha de defesa mais simples – sabão e água e um armário de suprimentos cheio de lenços desinfetantes (especialmente produtos de limpeza que atendam aos padrões da nova orientação emergente de patógenos virais da EPA) – ainda seja importante, novas tecnologias e aplicativos inteligentes podem trazer seus protocolos de saneamento para o próximo nível durante esta epidemia.


Reunimos quatro das melhores ferramentas de avanço. Tecnologias para impedir a propagação de doenças como o coronavírus, incluindo inovações para lavagem das mãos aprimorada e um aplicativo que fornece suporte médico e de segurança 24/7 por profissionais médicos.

Tecnologias para o Coronavírus, o que parecia futuro, chegou!

Tecnologias para a lavagem das mãos do futuro.

Atualmente, uma das maneiras mais importantes de impedir a propagação do coronavírus, de acordo com o CDC, é manter as mãos limpas. Embora a lavagem das mãos consistente e completa já deva ser uma regra, de acordo com o FDA, 73% das lavagens de mãos nos estabelecimentos não cumprem os padrões de qualidade de higiene.

O Hand Wash Coach da Food Service Monitoring Inc. leva a defesa com sabão para o próximo nível.

O treinador para lavagem das mãos é um dispositivo que se conecta acima da pia dos funcionários e rastreia os movimentos para verificar se eles estão higienizando corretamente. O dispositivo exibe cada etapa do método correto de lavagem das mãos (enxágüe por cinco segundos, aplique sabão, esfregue por 15 segundos e depois enxágue novamente por mais cinco segundos) e faz uma contagem regressiva até que a lavadora de mãos possa desligar a máquina. Do mesmo modo, os operadores podem configurar o tempo que desejam, de 15 a 30 segundos ou mais.

O Hand Wash Coach, que custa US $ 1.200, está atualmente em testes em pelo menos um restaurante em Rochester, Nova York, e será lançado em breve para um lançamento completo no mercado, “muito em breve”.

“A maioria dos funcionários do setor de alimentos não lava as mãos adequadamente”, afirmou Lou Thyroff, inventor do Hand Wash Coach. “Dessa forma, estamos melhorando a qualidade da lavagem e a frequência”.

 

Procurando por germes nocivos.

Antes de mais nada, se um dispositivo que critica seus métodos de lavagem das mãos não é suficiente para afastar bactérias e vírus nocivos. O HandScanner da PathSpot pode elevar a limpeza das mãos. O aparelho examina as mãos através de uma lavadora em busca de quaisquer vestígios restantes de germes prejudiciais.

Dentre as funções, usando um método chamado “espectroscopia de fluorescência de luz visível”. O HandScanner pode detectar quase que imediatamente quantas bactérias e vírus nocivos e mortais estão presentes.

“Em apenas dois segundos após cada lavagem das mãos, os funcionários sabem se há contaminação invisível e são instruídos a lavar novamente. Com isso podem verificar novamente as mãos, se necessário”, disse Christine Schindler, CEO e fundadora da PathSpot Technologies.

Segundo Schindler, a empresa viu um aumento em seus dispositivos, que custa aproximadamente US $ 100 por mês, dessa forma o software analisa os dados das práticas de higiene dos funcionários, o que contribui para que os gerentes a preparem melhor sua equipe, evitando assim surtos de doenças.

“Talvez um funcionário se esqueça de esfregar as unhas com frequência ou não tenha tempo adequado para lavar as mãos ao chegar no turno”, disse Schindler. “O PathSpot capacita os gerentes a fornecer feedback acionável e direcionado […], o que é incrivelmente importante durante um surto como o COVID-19.”

Tecnologias para perguntas sobre saúde respondidas 24/7

Obviamente, questões de saúde surgirão durante um surto de doença transmitida por alimentos ou uma epidemia global. Ainda que as mãos de todos os funcionários sejam lavadas com perfeição.

É aí que entra o Zedic. O Zedic é um produto da Zero Hour Health que fornece aos operadores uma série de planos de ação para situações de saúde (incluindo doenças transmitidas por alimentos, hepatite A, coronavírus etc.).

Do mesmo modo, oferece suporte 24 horas por dia, 7 dias por semana, com profissionais de saúde .

O aplicativo – que custa US$ 95/mês para uma assinatura – é a resposta da Zero Hour Health à necessidade dos estabelecimentos, principalmente os alimentícios.

Anteriormente, os serviços de treinamento em saúde Zero Hour Health, que forneciam treinamento e consultoria remotos para lidar com situações de saúde, eram voltados para grandes redes alimentícias nos Estados Unidos. Custavam de US$ 5 a US$ 25.000 por mês. dependendo do tamanho do estabelecimento.

O aplicativo Zedic fornece conselhos virtuais de saúde, principalmente de profissionais de enfermagem e saúde pública. Coincidentemente, o aplicativo acaba de ser lançado no meio de uma crise de saúde global.

“Quando começamos a construir o Zedic, não tínhamos planejado lançá-lo no meio de uma pandemia”, disse Roslyn Stone, CEO da Zero Hour Health. “Este é um território sem precedentes e sugere uma necessidade de profundidade de conhecimento e recursos”.

Questões Comuns:

Aqui estão algumas perguntas que os clientes da Zedic têm perguntado após a epidemia de coronavírus:

“Como proceder se desconfiamos que alguém com gripe/vírus não está utilizando as máscaras?”.

“Como alivio a ansiedade do cliente?”

“Alguém estava em quarentena na rua do nosso estabelecimento. Como devemos reagir?

Em conclusão, além da linha direta de bate-papo 24 horas, o Zedic também envia notificações. Alertas de notícias relacionados a coronavírus, atualizações relacionadas ao setor de serviços de saúde e alimentos.

Eles também oferecem um banco de dados da biblioteca das doenças transmitidas por alimentos mais comuns, além de perguntas e respostas relacionadas à patógenos.

Treinamento de higiene adequado

Atualmente, um dos recursos mais populares de treinamento em saneamento e higiene é o ServSafe, da National Restaurant Association.

A ServSafe oferece um curso e avaliação on-line de certificação a partir de US$ 125.

Esse curso de treinamento é presencial e conta com instrutores de saúde e higiene certificados em serviços de alimento. O livro físico (agora em sua 7ª edição) por US$ 50,50.

Os cursos e módulos de treinamento cobrem completamente tópicos como higiene pessoal, métodos de limpeza dos estabelecimentos e erros comuns de saneamento.

Por fim, com o aumento dos casos de coronavírus em todo o país, a National Restaurant Association registrou um aumento no interesse das operadoras que desejam participar dos cursos de certificação on-line.

Larry Lynch, vice-presidente sênior de certificação e operações da National Restaruant Association esclareceu que: Se uma empresa já fez seus cursos on-line ou presenciais, não há necessidade de fazê-lo novamente, porque a certificação dura cinco anos e o surto de coronavírus é muito novo para ter seu próprio módulo.

 

Imagem: @Escapejaja

 

 


One thought on “Tecnologias para o Coronavírus, o que parecia futuro, chegou!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *