Os campeões em vendas no E-commerce: Álcool e itens de limpeza.

Atualmente as compras pela internet (e-commerce) tem um novo ranking, diversos fatores influenciam essa nova classificação. De toda a forma, com um crescimento de mais de 2.000% os itens de limpeza e o álcool estão na frente!

Qual o motivo por trás desse novo ranking de vendas no e-commerce?

Fato se deve é claro, a pandemia do novo Coronavírus, (Covid-19) dessa forma várias famílias e consumidores obrigam-se a mudarem os seus hábitos. Sob o mesmo ponto de vista, começam a efetuar as compras de primeira necessidade através da internet, comportamento que, até então era pouco utilizado pelos Brasileiros.

Juntamente um levantamento da empresa de inteligência em e-commerce Compre&Confie, foi analisado o comportamento de compras na internet brasileira durante o período de 24 de fevereiro a 29 de Março.

Posteriormente, a pesquisa apontou que durante este mês (de estudo) algumas categorias de primeira necessidade chegaram a alcançar cerca de 50 vezes mais do que o mesmo período no ano passado.

Os campeões em vendas no E-commerce 2020

Em conclusão, entre os itens no topo encontramos, por exemplo: álcool em gel, álcool comum, antissépticos e material de limpeza. Para estes, o crescimento alcançou um pico de 4.261 a 2.520% comparado ao ano passado.

Da mesma forma, na pesquisa podemos observar um crescimento considerável nos produtos farmacêuticos como: termômetros, nebulizadores e inaladores, soro fisiológico, luvas cirúrgicas, sabonetes. Sem coincidência alguma, todos os produtos fazem parte do casting de cuidados e suporte, necessários para o combate à propagação do novo vírus.

Todos preocupados com a saúde

Atualmente, não é novidade que em todos os segmentos e setores o faturamento baseado em pedidos de itens relacionados à saúde duplicou, crescendo dessa forma mais de 100%. As pessoas aumentaram os pedidos, a frequência, o volume e também a quantidade.

Por outro lado, exige-se um melhor abastecimento destes itens, uma nova necessidade básica de saúde e higiene, foi instaurada, com isso é inevitável a “briga e corrida” para suprir a necessidade de todos.

Esse levantamento leva em consideração o contraste entre: O marco zero do Brasil sem o vírus (sem casos confirmados) , até os primeiros casos / início dos contágios e consequentemente, o isolamento social.


Vale lembrar que, do primeiro caso registrado em Fevereiro até o início de Abril, o Brasil chega a mais de 11.000 casos confirmados e 487 mortos. Cerca de 57% da população, já se encontra em quarentena. Com isso, apenas estabelecimentos essenciais se mantém abertos, como por exemplo: supermercados, padarias, farmácias e serviços da saúde.

Com toda essa transformação, um novo cenário ganhou espaço e por isso se deve o novo ranking de vendas no e-commerce.

O varejo tradicional como: supermercados, varejistas, farmácias entre outros, se viram obrigados a estenderem suas operações deixando aberta a conexão online/off-line para efetivarem as vendas, além de abrir um novo canal de compras.

Conforme nossas matérias anteriores, serviços de entrega via: telefone e whatsApp, além das redes sociais como: Instagram e facebook, vão ganhando espaço.

Complementando assim, formas de aumentar os canais de comunicação, buscando maneiras de diminuir os prejuízos, além de abastecer e assegurar a saúde e a necessidade dos clientes.

A hora é da limpeza

Confira abaixo no nosso infográfico, a variação entre o fluxo de volume de pedidos realizados em 2020, comparados com o mesmo período de 2019.

Pesquisa realizada entre 24 de Fevereiro a 29 de Março.

Enfim, os campeões em vendas no E-commerce:

 

infografico ecommerce na quarentena

Fonte: Compre&Confie

Imagem: @user3802032

 

Você pode gostar também:

Tecnologias para o Coronavírus, o que parecia futuro, chegou!

A reinvenção do Varejo em época de Crise

O abastecimento na Quarentena: Deve faltar produtos nos supermercados?


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *